podcasts

podcasts

Data

16/07/2021

Tempo de Leitura

5 minutos

Podcast 654 – Rodolfo Spielmann: “Temos uma perspectiva positiva para o ativo da CEDAE”

Podcast 654 – Rodolfo Spielmann: “Temos uma perspectiva positiva para o ativo da CEDAE”

Data

16/07/2021

Tempo de Leitura

5 minutos

“Nós trazemos experiência de outros mercados onde temos investimentos de outros ativos de água”

                                                                                               Fabio Silvestre Cardoso

Ao Podcast Rio Bravo, Rodolfo Spielmann, do CPP Investments, defende a importância do capital privado para os investimentos e gestão das empresas

Em abril deste ano, aconteceu o maior leilão de saneamento no Brasil. E o Canada Pension Plan Investments ficou com o segundo bloco do leilão da CEDAE, uma marca do interesse do fundo canadense no segmento de infraestrutura no Brasil. Em entrevista ao Podcast Rio Bravo, Rodolfo Spielmann, head da América Latina do CPP Investments, falou a respeito da experstise da asset e de como o capital privado pode aprimorar a gestão das empresas investidas.

Logo no início do Podcast, o executivo destaca as características da atuação do CPP Investments. “Com a exceção da província do Québec, todas as contribuições previdenciárias do Canadá passam para o nosso asset manager, o CPP Investments, para fazer os seus investimentos. Nós temos hoje em torno de 500 bilhões de dólares canadenses no mundo, e 85% desse montante é investido fora do Canadá. Em torno de 100 bilhões de dólares canadenses está investido em países emergentes”.

A propósito das oportunidades em países emergentes, no primeiro trimestre de 2021, o PIB cresceu 1,2%, mostrando que a economia brasileira iniciou o ano em expansão, o que surpreendeu economistas, que esperavam que os números não fossem tão expressivos. Como consequência, houve alguns sinais de euforia nas semanas seguintes à divulgação desses dados. Quando questionado a esse respeito, Spielmann prefere a cautela: “É uma reação frente a um PIB fraco do ano passado, então, sim, é um bom sinal, mas nós estamos interessados no crescimento constante: baseado em reformas, em novas oportunidades de investimento, principalmente aqueles de médio e longo prazo, que são os mais necessários”.

Nesse sentido, e retomando aqui um dos momentos mais importantes da conversa, Spielmann comenta como a mudança na legislação foi decisiva para que o leilão da CEDAE pudesse se transformar em uma oportunidade para o CPP Investments. Nas palavras do nosso convidado: “Em junho do ano passado, a Lei do Saneamento passou no Congresso, o que foi muito positivo. Com isso, abriu-se um setor com necessidade de investimentos: 85% da população brasileira recebe de estatais, municipais ou estaduais os serviços de saneamento. E até agora, os resultados são extraordinários. Houve poucas privatizações, mas só as outorgas do Rio de Janeiro geraram mais de 20 bilhões de reais. Além disso, as empresas privadas que levaram os diferentes blocos vão investir de oito a dez vezes mais do que a antecessora. É muito dinheiro a mais. Isso vai atrair uma cadeia de valor e vai ter uma gestão mais focada e com mais experiência”.

Acerca dessa experiência internacional, o head da América Latina do CPP Investments ressalta quais elementos podem ser incorporados para o caso brasileiro. “Em primeiro lugar, temos uma empresa investida, a Iguá Saneamento, que já tem experiência com 18 concessões no Brasil, então, tem um management bem capacitado. Em segundo lugar, nós trazemos experiência de outros mercados onde temos investimentos de outros ativos de água, com os quais temos trabalhado para levar as melhores práticas”.

Longo prazo

Ao falar dessas melhores práticas, o executivo apresenta dois exemplos, que se aplicam ao contexto local. “Existem municípios no Rio de Janeiro que têm inadimplência relativamente alta em termos comparativos com outras empresas de água do mundo. A inadimplência pode quebrar uma empresa. Outro indicador importante é perda de água. Ao colocar água de um lado do duto, do outro lado tem de sair um volume similar.  Quando se tem perda de 40%, é preciso que seja identificado, afinal, não é uma água qualquer, ela tem valor – é purificada, potável”.

O CPP Investments conta, ainda, com aportes em outros segmentos. Na entrevista ao Podcast Rio Bravo, Rodolfo Spielmann cita o setor de investimentos imobiliários como “muito importante”. “O negócio imobiliário continua atraindo investimentos. Temos investimentos tanto em escritórios como em shoppings; logística e armazéns; e o setor residencial para aluguel”. Além disso, o executivo fala dos investimentos em Private Equity, citando empresas como B3, Smart Fit, Nubank “e outras que estão em estágios anteriores, como a Loft”.

Se é verdade que o fundo tem buscado diversificar a carteira de investimentos no Brasil, também é correto afirmar que o CPP Investments tem se preocupado com o longo prazo. “Nós começamos a investir na América Latina em 2006, então, já são 15 anos, e vimos altos e baixos, crises (como a financeira de 2008/2009). Então, temos certa experiência e sabemos lidar com mercados emergentes. E nossa experiência tem sido que mercados emergentes têm tido rentabilidade maior nos nossos investimentos. Queremos aumentar nossa exposição até 33% em 2025”, explica o entrevistado.

Nesse sentido, Rodolfo Spielmann entende que é importante avançar na agenda de conceder um papel maior à iniciativa privada, deixando o capital privado trabalhar no que faz melhor, a saber: investir e fazer a gestão das empresas. Quanto a eventuais turbulências na economia brasileira, o executivo é categórico: “Pode ter ruído e turbulência no curto prazo, mas nos focamos nos fundamentos de médio e de longo prazo”.

A entrevista completa de Rodolfo Spielmann ao Podcast Rio Bravo pode ser acessada a partir do link acima.

Fabio Silvestre Cardoso é jornalista e produtor do Podcast Rio Bravo.

Conteúdos relacionados

...
05/08/2022
Dicas de Leitura – 05/08/2022

Sexta-feira, 05 de agosto de 2022 A política fiscal devia voltar aos fundamentosNeste artigo do...

...
05/08/2022
Podcast 709 – Matias Fernandez: A estratégia da Karvi e as soluções para o comércio de automóveis

Nos últimos anos, o mercado de carros usados tem estado bastante aquecido. Só que o processo de...

...
05/08/2022
Dicas da Semana – A inclusão começa por você 05.08.2022

Temos datas importantes na luta pela Diversidade e Inclusão para serem celebradas no mês de...

Quer saber mais?

Cadastre-se para receber informações sobre nossos fundos