Estamos mudando de site!
Para navegar no site antigo ou ver nossa lista de fundos: Acesse aqui

artigos

O Transtorno do Espectro Autista (TEA) – A inclusão começa por você

Celebrado no dia 2 de abril, o Dia Mundial do Autismo é um dos temas mais importantes e atuais dentro da Neurodiversidade: O Transtorno do Espectro Autista (TEA)

Celebrado no dia 2 de abril, o Dia Mundial do Autismo é um dos temas mais importantes e atuais dentro da Neurodiversidade: O Transtorno do Espectro Autista (TEA)

E o que é o Autismo? E quais as suas codições?

Trata-se de uma condição em que a pessoa pode apresentar, em vários níveis de intensidade, um déficit na comunicação social ou interação social (na linguagem verbal ou não verbal e na reciprocidade socioemocional), além de padrões restritos e repetitivos no comportamento (movimentos contínuos, interesse restrito e hipo ou hipersensibilidade a determinados estímulos sensoriais).

O diagnóstico costuma ocorrer na infância, contudo, existem pessoas que passam boa parte da vida sem saber que são autistas.

O autismo não está relacionado, necessariamente, à deficiência intelectual: segundo a literatura científica, uma pessoa com Transtorno do Espectro Autista (TEA) também pode apresentar deficiência intelectual, como também outras condições singulares.

A fita quebra-cabeças é o símbolo do autismo pois representa a complexidade dessa condição.

Inclusão de um profissional com autismo

Por conta do desconhecimento e preconceito, muitos empregadores não conhecem as características de uma pessoa com autismo. Em geral, pessoas com TEA possuem desenvoltura para trabalhar com:

  • Rotinas metódicas e repetitivas;
  • Possuem memória de longo prazo e visual;
  • Facilidade em reconhecer padrões;
  • Alto nível de concentração;
  • Atividades que exigem raciocínio lógico;

É o que conta uma profissional com autismo que comenta as adaptações realizadas pela empresa onde trabalha para que a acessibilidade fosse completa. Perceba que em alguns casos as mudanças de acessibilidade não são necessariamente físicas; mas, sim, processuais.

Como promover um ambiente inclusivo para pessoas com autismo nas empresas?

Preparar as lideranças e a equipe

A equipe precisa estar treinada e informada sobre as peculiaridades do transtorno e as características específicas da pessoa. 

Invista na conscientização e treinamento

Eventos, palestras e outros formatos para promover diálogos sobre diversidade auxiliam a lidar com a diferença, além de sempre reforçar tópicos que muitos colaboradores podem não conhecer ou saber o necessário.

Inclua a discussão no comitê de diversidade

Para além das questões de gênero e cor, por exemplo, é importante olhar para a transversalidade nos comitês de diversidade, propondo debates e melhorias em prol da Diversidade, Equidade e Inclusão de pessoas neuro diversas e com TEA.

Promova adaptações no ambiente

Em geral, a pessoa com TEA costuma preferir ser alocada em ambientes com menos ruído. Outras também preferem poucos diálogos. Essas adaptações irão depender especificamente de cada funcionário, por isso crie um canal aberto de conversa com a pessoa. 

Lembre-se: a diferença está no detalhe, empatia é fundamental e sempre é tempo de mudarmos nossa forma de pensar e agir.

Diversidade e Inclusão na Rio Bravo Investimentos

Aqui na Rio Bravo você pode ter acesso os mais variados conteúdos e serviços disponíveis. Acesse a Órbita e nosso canal no Youtube e fique por dentro dos nossos conteúdos! Além disso, você pode conhecer e acompanhar os nossos principais produtos, em dados e análisesinforme de rendimentos entre outros assuntos voltados para investimentos e finançasEntre em contato!

Conteúdos relacionados

Podcast 802 – Vivian Rio Stella: O que a comunicação diz sobre a cultura das empresas
17/05/2024
Podcast 802 – Vivian Rio Stella: O que a comunicação diz sobre a cultura das empresas

Na Unicamp, a trajetória de Vivian Rio Stella sempre seguiu a linha reta da pesquisa acadêmica:...

Dicas da Semana – A inclusão começa por você 17/05/2024
17/05/2024
Dicas da Semana – A inclusão começa por você 17/05/2024

Há 34 anos, em 17 de maio de 1990, a Organização Mundial de Saúde retirou a homossexualidade do...

Quer saber mais?

Cadastre-se para receber informações sobre nossos fundos