diversidade

diversidade

Data

10/12/2021

Tempo de Leitura

5 minutos

Dicas da Semana – A inclusão começa por você 10/12/2021

Dicas da Semana – A inclusão começa por você 10/12/2021

Data

10/12/2021

Tempo de Leitura

5 minutos

Durante todo o ano enviamos dicas sobre Diversidade e Inclusão e hoje vamos rever alguns conceitos básicos.

Entenda a diferença entre diversidade e inclusão

As duas palavras costumam aparecer sempre juntas, o que, muitas vezes, causa uma certa confusão. A verdade é que cada uma remete a um conceito diferente. Contudo, de fato, elas não podem andar separadas, pois são complementares.

Formar equipes diversas e criar ambientes acolhedores para recebê-las tem sido uma preocupação constante de empresas comprometidas em participar de uma mudança social necessária. O ponto de partida nesse sentido é, sem dúvida, entender os conceitos.

O que é diversidade?

Você já parou para pensar em quão diferentes são as pessoas que estão ao seu redor? E como elas são diferentes entre si também? Todos somos diversos, pois temos identidades diferentes e características próprias.

Entretanto, ao se falar sobre diversidade, é comum conectá-la somente a fatores demográficos quando, na verdade, ela se refere a muito mais do que isso.

Diversidade é a pluralidade dos indivíduos em termos de diferenças culturais, de identidade e de experiência.

Isso quer dizer que podemos pensar na diversidade como um iceberg, ou seja, aquilo que está evidente é apenas uma pontinha de um todo bem maior. Assim acontece com as pessoas: conseguimos ver alguns pontos mais aparentes mas não temos acesso direto ao que está abaixo no oceano. A diversidade é também assim: sobre o que está, de alguma forma, escondido.

Ao conhecer alguém superficialmente, não sabemos, por exemplo, quais são as suas crenças, os seus gostos ou como é a sua estrutura familiar — e essas também são diversidades que nos formam e nos diferenciam uns dos outros.

Existe, então, mais de um tipo de diversidade?

Podemos resumir em 3 tipos:

  1. Diversidade demográfica – está relacionada à nossa identidade de origem. Isto é, às características que nos classificam ao nascer. Como exemplo, podemos citar sexo, raça, etnia e geração.
  2. Diversidade cognitiva — refere-se à forma como cada um de nós lida com os problemas e reflete sobre situações.
  3. Diversidade experiencial — é baseada nas experiências de vida que moldam o nosso emocional. Logo, esta última se refere a afinidades, hobbies e habilidades, por exemplo.

O que é inclusão?

Inclusão: o que é e qual a diferença e a relação dela com a diversidade? Inclusão diz respeito ao ato de criar um ambiente no qual as pessoas diversas possam pertencer e prosperar.

No mercado de trabalho, ser inclusivo significa criar estratégias para acolher as diversidades e garantir que os profissionais diversos tenham oportunidades iguais de crescimento e um ambiente seguro dentro da empresa.

Quais as características de um ambiente inclusivo?

A inclusão está relacionada à promoção de três atitudes. Em um ambiente inclusivo, as pessoas devem ser esperadas, refletidas e respeitadas.

Vamos explicar, começando com um exemplo do primeiro ponto: uma mulher não será incluída se, ao chegar para assumir um cargo executivo, encontrar no andar da diretoria apenas banheiros masculinos. Nesse contexto, uma mulher não era esperada e, portanto, não há inclusão.

Da mesma forma, as pessoas devem ser refletidas no ambiente em que trabalham. Isso significa que ele deve estar, efetivamente, de acordo com as necessidades e com a realidade desses profissionais. Por exemplo, há condições de locomoção para pessoas com deficiência?

Por fim, para haver inclusão é preciso, evidentemente, existir respeito.

Qual é a diferença entre diversidade e inclusão na prática?

Podemos perceber que, enquanto a diversidade tem a ver com representatividade, a inclusão está ligada à instauração de uma mudança de cultura e comportamento em relação às pessoas diversas.

Com isso entendemos que a diferença entre diversidade e inclusão também reflete em uma diferença entre ambientes diversos e ambientes inclusivos — e a importância e necessidade de combinar os dois.

No primeiro, os indivíduos diversos têm somente representatividade, mas no segundo eles são incluídos e podem, assim, encontrar as mesmas chances de desenvolvimento e promoção que todos os outros. É por isso que não podemos, nunca, desassociar diversidade e inclusão, já que é a combinação das duas que nos permite participar, de fato, da construção de uma sociedade e de um mercado de trabalho mais justos.

Lembre-se: a diferença está no detalhe, empatia é fundamental e sempre é tempo de mudarmos nossa forma de pensar e agir.

Aguarde, na próxima sexta-feira, mais dicas para você.

Conteúdos relacionados

...
12/08/2022
Podcast 710 – Diego Escosteguy: Os desafios do jornalismo na era da economia da atenção 

De uns anos para cá, a imprensa tradicional passou por mudanças significativas, como a...

...
12/08/2022
Dicas da Semana – A inclusão começa por você 12.08.2022

Hoje separamos algumas dicas de livros bem divertidos, que falam sobre diversidade, com uma...

Quer saber mais?

Cadastre-se para receber informações sobre nossos fundos