Estamos mudando de site!
Para navegar no site antigo ou ver nossa lista de fundos: Acesse aqui

artigos

Dia dos Povos Indígenas – A inclusão começa por você 14/04/2023

O Dia dos Povos Indígenas é uma data comemorada no Brasil no dia 19 de abril e tem como propósito celebrar a diversidade das histórias e das culturas dos povos indígenas brasileiros, combater preconceitos contra os indígenas e estabelecer políticas públicas que garantam os direitos dos povos originários.

Essa data comemorativa foi criada em 1943, durante a ditadura do Estado Novo. Seu surgimento se deu, em boa medida, pela pressão de Marechal Rondon, importante indigenista brasileiro. A data foi criada por influência do Congresso Indigenista Interamericano que havia sido realizado no México em abril de 1940.

Por que o Dia do Índio foi alterado para Dia dos Povos Indígenas?

Na ocasião da sua criação, a data comemorativa foi intitulada Dia do Índio, assim permanecendo durante quase seis décadas. O nome gerava um grande desconforto na comunidade indígena, uma vez que a palavra “índio” é entendida por eles como preconceituosa por ter um sentido negativo no senso comum, referindo-se a algo “selvagem” e “atrasado”.

Um termo mais apropriado na visão da comunidade indígena é “povos indígenas”, pois a palavra “indígena” refere-se à ideia de povos originários, os primeiros residentes de um lugar. Isso fez com que um projeto de lei fosse apresentado, em 2019, para alteração do nome da data comemorativa.

Esse projeto foi aprovado no Congresso Nacional e sancionado pela presidência em 8 de julho de 2022determinando a alteração do nome Dia do Índio para Dia dos Povos Indígenas.

Por que é importante celebrar essa data?

O Dia dos Povos Indígenas é uma data significativa em diversos aspectos, pois celebra a diversidade cultural dos povos indígenas do Brasil, além de ser uma oportunidade de retirar o apagamento que existe das histórias e culturas indígenas.

A data também é um momento para que a população tenha maior contato com a cultura indígena, com o objetivo de quebrar preconceitos e dando oportunidade de ampliar seu conhecimento sobre os indígenas, suas histórias e suas culturas.

Além disso, serve para ampliar as pressões sobre o governo para que os direitos indígenas sejam respeitados. Uma questão muito importante para eles é a demarcação de terras, um direito garantido pela Constituição e que foi flagrantemente desrespeitado nos últimos anos.

Lembre-se: a diferença está no detalhe, empatia é fundamental e sempre é tempo de mudarmos nossa forma de pensar e agir.

Aguarde, na próxima sexta-feira, mais dicas da Rio Bravo para você.

Conteúdos relacionados

As “Incentivadas” seguem firmes e fortes, e as “de infraestrutura”?
20/05/2024
As “Incentivadas” seguem firmes e fortes, e as “de infraestrutura”?

Todo alocador conhece os benefícios básicos de uma carteira bem diversificada, claro que...

Podcast 802 – Vivian Rio Stella: O que a comunicação diz sobre a cultura das empresas
17/05/2024
Podcast 802 – Vivian Rio Stella: O que a comunicação diz sobre a cultura das empresas

Na Unicamp, a trajetória de Vivian Rio Stella sempre seguiu a linha reta da pesquisa acadêmica:...

Quer saber mais?

Cadastre-se para receber informações sobre nossos fundos