Estamos mudando de site!
Para navegar no site antigo ou ver nossa lista de fundos: Acesse aqui

Artigos

Fundos Imobiliários e a Transparência com o Mercado Financeiro

A transparência é a base de um mercado financeiro saudável e eficiente. Para os investidores, ter acesso a informações claras, precisas e oportunas é essencial para tomar decisões de investimento informadas. Isso é especialmente verdadeiro quando se trata de Fundos Imobiliários (FIIs), que são produtos financeiros complexos que investem em diversos tipos de propriedades imobiliárias. Nesse contexto, compreender como os FIIs divulgam informações ao mercado é crucial para os investidores, seja para aqueles que estão considerando investir em FIIs pela primeira vez, ou para os investidores experientes que buscam otimizar suas carteiras.

Com base na Instrução CVM 472 (ICVM 472), a principal norma da Comissão de Valores Mobiliários (CVM) sobre fundos imobiliários, este artigo desvendará os principais documentos, tanto obrigatórios quanto opcionais, por meio dos quais os FIIs divulgam informações. Vamos explorar os informes estruturados, as demonstrações contábeis, os relatórios gerenciais, os fatos relevantes e os documentos relacionados às assembleias de cotistas. Convidamos você a se juntar a nós nesta jornada educativa, para ajudar a melhorar seu entendimento e sua capacidade de tomar decisões de investimento bem fundamentadas no mundo dos FIIs.

Nota: A Instrução CVM 472 será em breve substituída pela Instrução CVM 175, que foi recentemente promulgada e visa a unificar e homogeneizar as regras sobre diversos tipos de fundos de investimento, incluindo os fundos imobiliários. Porém, as informações relacionadas aqui, apesar de se referirem diretamente à norma que está atualmente em vigor, seguirão válidas quando a ICVM 175 entrar em vigor.

Documentos Periódicos

Os documentos periódicos desempenham um papel fundamental na comunicação transparente e regular de informações pelos FIIs aos seus cotistas e ao mercado em geral. Abaixo, exploraremos três tipos principais de documentos periódicos que os FIIs precisam divulgar.

A. Informes Estruturados

Os informes estruturados são documentos obrigatórios publicados pelos FIIs em uma base regular. Existem três tipos de informes, cada qual com um determinado conjunto de informações e um prazo diferente de divulgação: os informes mensais são publicados até o dia 15 do mês seguinte; os informes trimestrais devem ser divulgados até 45 dias depois do encerramento do trimestre; e os informes anuais, em até 90 depois do fim do exercício. Esses informes fornecem uma variedade de informações sobre o fundo, incluindo o número de cotistas, o segmento de atuação, detalhes do patrimônio do fundo, receitas e despesas. A estrutura e o conteúdo desses informes são padronizados pela CVM, garantindo que todas as informações necessárias sejam comunicadas de maneira clara e compreensível, além de facilitar a comparação entre diferentes fundos.

B. Demonstrações Contábeis

Assim como as empresas listadas no mercado financeiro, os FIIs também são obrigados a publicar anualmente suas demonstrações contábeis. Essas demonstrações, que devem ser publicadas até 90 dias após o final do exercício do fundo, que geralmente acontece no fim do ano, oferecem uma visão detalhada das finanças do fundo. Elas incluem o balanço patrimonial, a demonstração do resultado, a demonstração das mutações do patrimônio líquido, entre outros. Essas demonstrações contábeis são preparadas em conformidade com os padrões contábeis brasileiros e são auditadas por um auditor independente para garantir sua precisão e confiabilidade.

C. Relatório Gerencial

Embora não seja obrigatório, esse é o documento mais utilizado pelos investidores para entender a realidade de um fundo imobiliários. Os relatórios gerenciais são elaborados de forma mais didática e acessível, e costumam incluir informações como o desempenho do fundo, as atividades recentes, as perspectivas futuras e quaisquer mudanças na estratégia do fundo.

Por não ter um formato padronizado, o gestor pode enfocar uma informação ou outra que ele considera mais importante para a realidade do fundo ou questões específicas daquele momento e que podem ser úteis na tomada de decisão por parte dos investidores.

Como o relatório gerencial não é obrigatório, nem todos os fundos imobiliários o divulgam, e as periodicidades podem variar, mas, na maioria dos casos, ele é publicado de maneira mensal até o fim do mês subsequente.

Documentos Eventuais

Além daqueles documentos – obrigatórios ou não – que são divulgados com uma determinada regularidade, existem também aqueles que não tem uma periodicidade exata. São documentos que são publicados conforme surge a necessidade de tornar certa informação pública ao mercado. 

Entre eles, se destacam dois tipos de documentos: os Fatos Relevantes e os documentos referentes às assembleias gerais.

A. Fatos Relevantes

A divulgação de fatos relevantes é uma prática obrigatória para os FIIs, que devem informar ao mercado financeiro qualquer acontecimento que possa influenciar de modo significativo no valor das cotas ou na decisão dos investidores de comprar, manter ou vender cotas. Estes podem incluir a entrada ou saída de um inquilino relevante, inadimplência em um contrato significativo, a compra ou venda de um imóvel, entre outros.

Conforme a Instrução CVM 472, há alguns acontecimentos que, obrigatoriamente, devem ser divulgados via Fato Relevante, como a alteração do gestor, o desdobramento de cotas, ou a contratação de formador do mercado financeiro. Porém, o administrador tem a obrigação de considerar o impacto de qualquer notícia que chegue ao seu conhecimento e, caso necessário, divulgar a informação ao mercado via Fato Relevante.

B. Documentos sobre Assembleias

Os fundos imobiliários realizam dois tipos de assembleia geral de cotistas. As ordinárias acontecem uma vez por ano para, entre outros temas, aprovar as contas do exercício anterior; já as extraordinárias podem acontecer a qualquer momento, seja por determinação do administrador, do representante de cotistas ou de um grupo representativo de cotistas, e visa a deliberar sobre qualquer assunto de interesse do fundo ou de seus investidores. As assembleias podem acontecer de maneira presencial (geralmente na sede do administrador) ou podem ser realizadas online, com votação via internet ou assemelhada.

A convocação para uma assembleia deve ser divulgada pelo administrador com antecedência definida pela CVM (30 dias para as ordinárias, 15 para as extraordinárias) e incluir informações como dia, hora, local, pauta a ser debatida, exigência de quórum e possibilidade de voto à distância. Além disso, deve ser anunciado um resumo do que foi decidido logo ao final da assembleia e, posteriormente, a ata completa dela.

Meios de divulgação

Uma das premissas do mercado financeiro é que as negociações aconteçam em um ambiente com simetria de informações. Isso significa que todos os investidores tenham acesso aos mesmos dados de forma que um lado não possa se favorecer sobre o outro. Para isso, é necessário que as informações sejam públicas e acessíveis a todos os interessados.

Para isso, a CVM e a B3 criaram um sistema chamado FundosNet (FNet), onde os administradores devem publicar todos os documentos públicos sobre seus fundos imobiliários. Isso inclui os documentos periódicos e eventuais; obrigatórios ou não. Os documentos podem ser consultados por qualquer interessado no site do FundosNet ou na página de cada fundo no site da B3.

Nós, da Rio Bravo, temos a transparência como um pilar inegociável e inseparável da atividade de gestão de fundos. Principalmente no caso de fundos imobiliários, cuja enorme maioria dos cotistas não são pessoas ligada ao mercado financeiro, nós entendemos que não podemos nos limitar apenas a cumprir os mínimos legais e que é necessário dar um passo além.

Assim, além da divulgação de informações pelo FundosNet, nós mantemos em nosso site todos os documentos de cada um dos 26 FIIs geridos e administrados por nós. Além disso, realizamos webcasts trimestrais, onde o responsável por cada fundo faz uma apresentação sobre suas principais características, as informações mais importantes do trimestre, estratégias e tira dúvidas dos participantes ao vivo. E, nesse site, você pode também se inscrever diretamente em nosso mailing e receber diretamente na sua caixa de e-mail as informações sobre seus fundos favoritos: 

Conclusão

Compreender como os Fundos Imobiliários divulgam informações é essencial para qualquer investidor, seja ele iniciante ou experiente. Os documentos periódicos e não-periódicos, como informes estruturados, demonstrações contábeis, relatórios gerenciais, fatos relevantes e documentos sobre assembleias, fornecem um panorama transparente e atualizado do funcionamento e da saúde financeira de um FII. Ao acompanhar de perto estas informações, o investidor está bem posicionado para tomar decisões informadas e gerenciar eficazmente seus investimentos.

Lembre-se: no mundo dos investimentos, a informação é o maior ativo, e um investidor bem informado é um investidor bem-sucedido. Reforçamos o convite para que você visite nosso site, conheça nossos fundos e se inscreva em nosso mailing para estar sempre atualizado sobre todas as informações.

Rio Bravo Investimentos

Aqui na Rio Bravo através do nosso portal Orbita você pode ter acesso os mais variados conteúdos, curiosidades e ainda ficar por dentro das novidades do mercado de investimento imobiliário. Além disso, é possível conhecer e acompanhar os nossos principais produtos, como dados e análises, informe de rendimentos entre outros assuntos voltados para investimentos e finanças. Entre em contato!

Conteúdos relacionados

As “Incentivadas” seguem firmes e fortes, e as “de infraestrutura”?
20/05/2024
As “Incentivadas” seguem firmes e fortes, e as “de infraestrutura”?

Todo alocador conhece os benefícios básicos de uma carteira bem diversificada, claro que...

Podcast 802 – Vivian Rio Stella: O que a comunicação diz sobre a cultura das empresas
17/05/2024
Podcast 802 – Vivian Rio Stella: O que a comunicação diz sobre a cultura das empresas

Na Unicamp, a trajetória de Vivian Rio Stella sempre seguiu a linha reta da pesquisa acadêmica:...

Quer saber mais?

Cadastre-se para receber informações sobre nossos fundos